RSS

CLASSIFICAÇÃO E USOS DA PALAVRA “SE”

a) Conjunção:

pode ser integrante, quando introduz as orações subordinadas substantivas, ou subordinativa, caso em que

introduz orações subordinadas adverbiais. Para melhores esclarecimentos é bom estudar o período

composto por subordinação.

b) Pronome apassivador:

É também chamado de partícula apassivadora. Emprega-se com verbos transitivos diretos e seu papel é

transformar o objeto direto em sujeito paciente.

Exemplo:

VENDER CASA

(v.t.d.) (o.d.)

(SE)

(pronome apassivador)

VENDE – SE CASA

(v.t.d.) (suj. paciente)

c) Indice de indeterminação do sujeito:

Ocorre nos casos em que o sujeito da oração deve estar indeterminado, ou seja, o processo faz alusão a um

fato genérico, sem que se esclareça o agente. O indice de indeterminação do sujeito não ocorre com verbos

transitivos diretos, exceto quando o objeto direto estiver preposicionado.

Exemplos:

Vive-se bem aqui em São Paulo. Necessita-se de bons políticos. Era-se muito feliz na infância. Admira-se

a Vieira.

Nota: Havendo índice de indeterminação do sujeito, o verbo permanece na terceira pessoa do singular.

d) Pronome reflexivo e recíproco:

Casos em que a partícula se denota um processo reflexivo, isto é, a ação indicada pelo verbo recai no

próprio sujeito (= a si mesmo). Será recíproco sempre que o verbo denotar reciprocidade de ação. Denota

a expressão um ao outro.

Exemplos:

O rapaz considerou-se ( = a si mesmo) ótimo aluno. Os jogadores agrediram-se (= uns aos outros)

durante a partida de futebol.

e) Partícula de realce:

Em desuso na linguagem atual, serve para enfatizar o processo verbal.

Exemplo:

As meninas sorriam-se felizes.

24 comentários:

Anônimo disse...

horrível

Anônimo disse...

que merda

Anônimo disse...

muito bom seus recalcados.

Anônimo disse...

que porcaria

Anônimo disse...

é razoavel

Anônimo disse...

seus fdps isso é uma merda! ta tudo uma merda.fim. una bosta!

Anônimo disse...

Me ajudou, basta pensar um pouco que vai compreender tudo.

Anônimo disse...

(: ENTENDI NADA

Anônimo disse...

otimo, adorei

Anônimo disse...

muito bom, esses fdp burros calem a boca

Anônimo disse...

ootimmo, muito bom esse site, parabéns :D

Anônimo disse...

Ótimo!! Oponho-me aos deselegantes acima.

Anônimo disse...

Aos mal educados: Antes de falar palavrões é necessário aprender a ler e entender os macetes. Tais macetes são para pessoas alfabetizadas e letradas.

Anônimo disse...

Não se deve apresentar um comentário desagradável que a nós leitores de boa índole sofremos com a leitura...

João Vitor Costa Nascimento disse...

muito obrigado ofereceu-me uma ótima base, quero acrescentar que queles que não compreenderam tem certamente um nível de QI muito inferior aos dos demais leitores.

Anônimo disse...

Me ajudou bastante obrigada!!!

Anônimo disse...

esse povo só sabe falar palavra credo!!!

Anônimo disse...

Esse é o nível de pessoas que não conseguem crescer, são frustrados e por isso nem criticar eles sabem só falar palavrões.

Anônimo disse...

Retifiquem esse post galera, ele pode ser melhorado! De qualquer forma parabéns! Ass. Penildo Jr

Anônimo disse...

fdp

Anônimo disse...

Adorei a iniciativa, se todos agisse como você, teríamos bons alunos nas escolas. E não teriam tempo de escrever comentários maldosos. Parabéns.

Anônimo disse...

E quanto o uso da palavra em uma situações que ainda não ocorreu?
Tipo: SE eu fosse vc.......
Qual a classificação dela, nesta situação????

OTAVIANO DE OLIVEIRA disse...


A matéria é boa, mas o assunto é muito complexo. É tema para mais explicações.

Sofya Aguiar disse...

Uma bosta* ok meu querido?lê o dicionário antes de escrever......que tal?

Postar um comentário